sexta-feira, 14 de março de 2014

Regina "Neusinha" Becker é flagrada pela segunda vez em IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, agora tentando vacinar "cães" em Tramandaí, com carro oficial e com funcionário da SEDA. Quem paga??? Isto é CRIME ELEITORAL...

imagem internet

imagem internet

imagem internet

imagem internet
 

A intromissão indevida não parou aí, no dia 21 de fevereiro de 2014, aí desacompanhada do maridão, a ex-secretaria voluntária da SEDA voltou ao Canil Municipal de Tramandaí, também à tarde, também numa sexta-feria quente, também no horário de expediente da Prefeitura de Porto Alegre, também acompanhada da jovem protetora que não quer se identificar, mas que todos sabem se tratar de Vitoria Grendene. Porém agora a IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA ficou ainda mais caracterizada, pois a primeira-dama em horário de expediente levou a tiracolo um servidor público da Prefeitura de Porto Alegre, que segundo informações seria um CC (Cargo de Comissão) que é veterinário (esse pelo menos tem visão técnica, pois tem formação no ramo), além de utilizarem a CHEFORLET ZAFIRA placa ISJ 9939 que está a disposição da secretária da SEDA (inclusive no período pós-natal ficou estacionada na Câmara Municipal). O que havia sido combinado no dia 14 de fevereiro de 2014, é que a jovem (Vitoria Grendene) iria doar ração, medicamentos e vacinas ao Canil Municipal de Tramandaí,  porém sem avisar a veterinária responsável pelo Canil, a secretária da SEDA comandou uma operação de desvermifugação nos animais do Canil Municipal de Tramandaí. Então, uma estagiária do Canil ligou para a veterinária responsável pelo Canil Municipal de Tramandaí, que pediu para falar com a primeira-dama (Regina "Neusinha Becker) e que fosse SUSPENSO QUALQUER PROCEDIMENTO. Quando a veterinária da Prefeitura de Tramandaí chegou ao Canil viu a "comitiva" de cara torta, e que ela (a veterinária) aceitaria a doação das rações e medicamentos, porém que a aplicação seria realizada conforme protocolo de responsabilidade dela como veterinária do Canil Municipal de Tramandaí. A comitiva "porto-alegrense" não concordou e se foi embora muito indignada.  Está bombando nas redes sociais a visita, de surpresa, que a primeira-dama de Porto Alegre fez ao Canil Municipal de Tramandaí, no dia 21. Agora, como o assunto invadindo as redes sociais, mais o pedido de informações da vereadora de Porto Alegre, LOURDES SPRENGER (do PMDB) há rumores de que o prefeito RAPACH (de Tramandaí) está sendo pressionado por intermediários (cafajestes da política) para que elabore um convite com data anterior ao fato e envie para a Prefeitura de Porto Alegre. O prefeito EDGAR MUNARI RAPACH está resistindo bravamente. O mais vergonhoso é que a dona Regina "Neusinha" usou um jaleco de fiscalização no dia da "visita" ao Canil. Regina "Neusinha" Becker tem só um objetivo com estas "ações": buscar votos para sua campanha para uma das vagas na Assembleia Legislativa e com dinheiro público...  O Ministério Público Eleitoral deverá olhar com muito carinho o fato, já que é campanha antecipada. E aí tem CRIME ELEITORAL!!!