quarta-feira, 28 de maio de 2014

O caso Projovem (Programa Nacional de Inclusão de Jovens) vai ter terríveis desdobramentos em breve... Os larápios do Projovem de Porto Alegre também serão condenados!!! A Justiça está cola do vereador pedetista MAURO ZACHER... Serão exemplarmente punidos...

Não vai adiantar "tapar" um dos ouvidos. Tem é que "tapar" os dois... 
Mais a boca... Mais os olhos... Mais o nariz...


Luiz Fernando Záchia e seu amigo Mauro Zacher... É uma dupla perigosa...

Não vi... Não quero saber... Tenho raiva de quem sabe...

A FUNDAE - Fundação Educacional e Cultural para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e da Cultura também está metida na roubalheira do Projovem na capital gaúcha. A rigorosa 1ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre já aceitou a denúncia do MPF - Ministério Público Federal e inciou ação penal contra 8 (oito) acusados de DESVIO DE RECURSOS do Projovem. O principal envolvido é o vereador pedetista MAURO ZACHER, conhecido como o Malufinho do PDT... O Malufinho do PDT secretário municipal da Juventude quando a falcatrua foi apontada pelo MPF - Ministério Público Federal. O procedimento policial que levantou provas contundentes e robustas de DISPENSA INDEVIDA DE LICITAÇÃO envolvendo a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e a FUNDAE - Fundação Educacional e Cultural para Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e da Cultura teve começo nas investigações da OPERAÇÃO RODIN. A denúncia apresentada pelo MPF, a Secretaria Municipal da Juventude praticou 3 (três) DISPENSAS INDEVIDAS DE LICITAÇÃO referentes a "execução" do Projovem. Uma para a própria "contratação" da FUNDAE, entidade ligada à UFSM - Universidade Federal de Santa Maria, para a "execução" do programa. Os recursos, cerca de R$ 11,3 milhões (hoje seriam R$ 18 milhões), eram oriundos de "convênio" firmado entre o município de Porto Alegre e o FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. A DISPENSA IRREGULAR DE LICITAÇÃO também teria acontecido em relação à "contratação" da empresa REFEIÇÕES SABOR CASEIRO para aquisição de lanches para estudantes dentro do mesmo programa e, novamente, para a renovação deste "contrato". Um passarinho contou ao blog: imprensalivrers que foi o lobista-empresário LAIR FREST que colocou a FUNDAE na Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Também ficamos sabendo que o ex-presidente (demitido) do Tribunal de Contas do Estado, JOÃO LUIZ VARGAS, conhecido como Papai Noel, teve papel fundamental no esquema. O esquema teve o mesmo MODUS OPERANDIS das roubalheiras do DETRAN... Os larápios do Projovem também terão penas altíssimas!!! Aguardem... 
O vereador MAURO ZACHER, o Malufinho do PDT está numa encrenca federal !!!

Um comentário:

  1. Prezado Frederico, o que você quer dizer com "uma dupla perigosa"?

    ResponderExcluir