quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Em breve teremos novidades sobre a Operação Concutare. O Natal será terrível para o ex-presidente da Assembleia, Luis Fernando Salvadori Záchia e seus comparsas... Os mísseis estão chegando!!!

 Záchia entrando no Hotel do Estado (Presídio Central). Lá "descansou" por uma semana. Colocou sua cabeça no lugar!!!

Os mísseis do MPF estão sendo ligados...

O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL vai denunciar todos os 18 presos no dia em que a OPERAÇÃO CONCUTARE foi deflagrada e colocou os vivaldinos no Hotel do Estado (Presídio Central). Todos serão enquadrados nos delitos de CORRUPÇÃO ATIVA E PASSIVA, FORMAÇÃO DE QUADRILHA, LAVAGEM DE DINHEIRO E CRIMES AMBIENTAIS. A demora para formular a denúncia, segundo o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, deve-se ao grande volume de material e à complexidade do caso. Para dar robustez à denúncia, foram examinados e agregados às provas 54 processos de licenciamentos ambientais e 30 laudos da situação financeira dos investigados. O peemedebista ZÁCHIA também é RÉU da OPERAÇÃO RODIN. Seus caríssimos advogados tentaram livrá-lo, mas, a 4ª Turma do TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL da 4ª Região negou recurso do ex-presidente da Assembleia e ex-secretário municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre e o manteve como RÉU. O ex-deputado é investigado juntamente com outros réus por ter tido seu nome citado em interceptações telefônicas da POLÍCIA FEDERAL que o ligam a uma organização criminosa que desviava milhões do DETRAN-RS. A situação de ZÁCHIA é tenebrosa!!!

Um comentário:

  1. Os gaúchos contam com pessoas como o senhor para divulgar e relembrar a midia esse caso absurdo. Até o momento essa cambada de corruptos nao foram punidos.Alguns deles viajam para o exterior como se nada tivesse acontecido e com muito dinheiro ganho de forma ilícita.Espera-se que os culpados sejam punidos.

    ResponderExcluir