quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO VAI FAZER UMA INVESTIGAÇÃO FAJUTA SOBRE A FRAUDE DOS IMPLANTES ORTOPÉDICOS NO IPE???


Tenho absoluta certa que a Procuradoria-Geral do Estado, através do seu órgão competente vai fazer uma "meia-sola" na investigação das Órteses e Próteses. Em primeiro lugar eles devem saber quem é que mandava (e vai continuar mandando) no SETOR DE AUTORIZAÇÃO DE ALTA COMPLEXIDADE DO IPE.... Eles (da Procuradoria) não sabem (ou não se interessam em saber). Em segundo lugar eles deveriam saber que é o cara que tem o apelido de  TOMATE... O TOMATE não trabalha no IPESAÚDE. Mas manda lá... E vai continuar mandando...  


Em terceiro lugar eles deveria saber que uma montagem para um procedimento de Cirurgia Lombar (com 6 parafusos, 2 hastes, 1 cross, 4 cages) custa no SUS em torno de R$ 8 mil. E é um procedimento realizado om implante nacional de qualquer fabricante (os preços são tabelados). No IPESAÚDE o preço é bem superior. Eu não estou falando nos implantes importados mediante liminares da Justiça e que custam mais de R$ 100 mil. E tem mais: O IMPLANTE IMPORTADO DE QUALIDADE é infinitamente superior ao implante fabricado no Brasil. As fábricas nacionais não estão preocupadas com a qualidade do ferramental (instrumental) que é utilizado na colocação dos implantes... 

O que está errado é a necessidade ou não do procedimento cirúrgico. Como eu tenho absoluta certeza que é tudo "fogo de palha" não vai dar em nada. Vai sobrar só para um: Dr. FERNANDO SANCHIS. E o resto??? E na área Cardíaca??? Este é o Brasillllllll..... Kakakakakaka

A questão não o valor do implante. A questão é a necessidade de colocar o implante. A questão é de fiscalizar e ver a real necessidade  de colocação dos implantes nos pacientes do IPESAÚDE e enxertos ósseos, dos hemostáticos, etc. 

Qualquer idiota sabe que os Representantes (aqueles que vendem implantes) pagam generosas comissões...

Quem é que vai fiscalizar se eles (o que faze  o procedimento cirúrgico) colocam ou não  1g de enxerto ou 10 gramas de enxerto no procedimento??? Quem é que vai fiscalizar (no Bloco Cirúrgico) se eles colocam 1g de Hemostático Absorvível ou 10 gramas???  Não existe fiscalização.



Enxerto Ósseo


Hemostático Absorvível

Será que a zelosa Procuradoria-Geral do Estado sabe que os famosos Hospitais de Porto Alegre cobram de 20% a 40% sobre o valor da montagem do implante??? Fato que é imoral, ilegal e criminoso...

Uma grama (ou dose) de enxerto ósseo (importado) custa de R$ 3.900,00 a 5.000,00. O Hemostático tem o mesmo preço. Não existe fiscalização e um RX ou uma Tomografia não mostra se foi ou não colocado esse RECHEIO. 

É lógico que esses produtos são necessários (se corretamente indicados) numa CIRURGIA DE COLUNA. O que não existe é vontade de FISCALIZAR...

Nenhum comentário:

Postar um comentário