quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

QUEREM COLOCAR O EX-VICE PRESIDENTE DO DO GOVERNO TARSO NUMA IMPORTANTE DIRETORIA DO BRDE. O NOME DO INDICADO: FLÁVIO LAMMEL

Ele está com um baita processo nas suas costas no Tribunal de Justiça do RS. A Justiça (e o MP) querem que ele devolva R$ 13 milhões..

Um grupo do PDT (que apoiou Tarso no primeiro e no segundo turno do turno) quer indicar o ex-vice-presidente, Flávio Lammel  para uma importante diretoria do BRDE. Flavio Lammel é o principal responsável pela criação do ISAM (Instituto de Saúde e Assistência aos Municipários), criado em 2007, como "solução" para as cidades que enfrentavam dificuldades na oferta de serviços médicos e hospitalares aos servidores. O ISAM foi fechado por incompetência em fevereiro de 2015. Com uma dívida de mais de R$ 3 milhões


A cúpula do ISAM gastava mensalmente R$ 120 mil com salários de dirigentes, conselheiros e terceirizados. 

Todos sabiam dentro do ISAM que quem mandava (mesmo não estando lá) era o Flávio Lammel.


O Ministério Público de Contas (MPC-RS) emitiu um parecer pelo ressarcimento de R$ 13 milhões repassados pelo Banrisul ao extinto ISAM. O parecer, do procurador-geral do MPC, Geraldo Costa da Camino, atende a um pedido da ação movida em agosto do ano passado pelo Ministério Público do Estado (MP-RS), baseada em um inquérito civil que apurou irregularidades em convênios firmados entre o banco e o ISAM.


O repasse do valor (R$ 13 milhões) ocorreu em 2008, para viabilizar a criação do ISAM pela FAMURS (Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul - que era presidida por Lammel), como parte de um convênio para exclusividade na gestão da folha de pagamento dos municípios pelo banco.


Para o Ministério Público Estadual, o Banrisul foi lesado (logrado), uma vez que o ISAM não tinha permissão para operar no ramo de planos privados de saúde até o final de 2010, e o repasse da verba ocorreu SEM GARANTIAS de que um instituto teria suas atividades aprovadas. 


Dizem que um famoso político (que perdeu recentemente seu mandato) está procurando Conselheiros do TCE para "amenizar" o problema (R$ 13 milhões) causados por pessoas próximas ao   "Rei da Ética"...

A PF já sabe quais são  os Conselheiros que o Rei da Ética visitou...

A PF está atenta ao assunto!!!


E certos grupos do PDT ainda tem a cara-de-pau em indicar esse sujeito para uma diretoria do BRDE. Uma vergonha!!! 

Perguntem ao ex-deputado federal Aldo Pinto quem é Flávio Lammel...

Nenhum comentário:

Postar um comentário