sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

UM ÓRGÃO INVESTIGATIVO (QUE NÃO É A PF) QUE JÁ ATUOU FORTEMENTE NO HOSPITAL CRISTO REDENTOR TAMBÉM VAI INVESTIGAR AQUELE NOSOCÔMIO DA ZONA NORTE...


O Hospital Cristo Redentor vai ser novamente investigado. Sempre são as Órteses, Próteses e Materiais (OPM). Lá existe centenas e centenas de cirurgias de OMP de revisão que foram realizadas com implantes importados.  Todos "comprados" de uma conhecida empresa de Porto Alegre. Todas OPM são de uma determinada e conhecida marca. Os "médicos" do Cristo (uma meia duzia que realizam os procedimentos) dizem que as OPM de revisão nacionais não prestam. Só que é pura mentira!!! Eles não colocam por um motivo: AS IMPORTADAS SÃO BEM MAIS CARAS QUE AS NACIONAIS. A paulista ORTOSINTESE produz OPM de revisão de qualidade. Inclusive exporta para mais de 40 países. Em São Paulo são colocados centenas delas no SUS e em Hospitais particulares. Será que tem comissão?? O órgão que vai investigar solicitará as seguintes informações: PREÇOS, MANEIRA QUE FOI COMPRADA, NOME DA EMPRESA QUE FORNECEU, NOME DO MATERIAL IMPORTADO, QUANTAS CIRURGIAS FORAM REALIZADOS, ETC.

A máscara vai cair naquele nosocômio da Zona NORTE...

NÃO EXISTE JUSTIFICATIVA LEGAL PARA COMPRA FORA DA TABELA DO SUL. ATÉ IMPLAMED, MDT, ORTOSINTESE e outras fazem e vendem pelo preço da tabela do SUS. Quem assinou essa compra tem que responder na Justiça. Tem um grupo "seleto" de cirurgiões no HOSPITAL CRISTO que estão mamando...

Os médicos do nosocômio estão corrigindo as cirurgias de (joelho e quadril) realizadas com implantes vagabundos da VIPRO e da EQUIMED que foram realizados no Hospital Cristo Redentor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário