terça-feira, 10 de março de 2015

Deputado gaúcho chora e diz que PP acabou







Investigado pelo STF por suspeita de envolvimento em esquema de corrupção na Petrobras, o deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS) disse que o Partido Progressista "acabou". Em coletiva de imprensa ontem (segunda-feira - dia 09/03), acompanhado da família, o deputado chegou a chorar.

"Sempre tive uma postura de enfrentar isso (corrupção). Tenho que andar na rua e ver a sociedade me questionando sobre o que sempre preguei. Isso machuca, machuca a gente", disse, chorando. Para ele, não há solução para o partido. "Não há duvida que o PP acabou", afirmou. 
As suspeitas contra o deputado gaúcho surgiram após depoimento do doleiro Alberto Youssef, que inclui Georgen entre os deputados do PP que "com certeza" recebiam mesada do esquema. 

Até explicar que focinho-de-porco não é tomada!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário