terça-feira, 17 de março de 2015

Ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada tem milhões bloqueados em Mônaco



Segundo o MPF, são 10 milhões de euros; não há denuncia (até agora) contra Zelada. Sucessor de Nestor Cerveró foi citado em delações premiadas da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. Zelada é outro que vai abrir o bico...

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Jorge Zelada teve 10 milhões de euros bloqueados por autoridades do Principado de Mônaco, de acordo com o Ministério Público Federal.

Zelada foi o sucessor de Nestor Cerveró, um dos envolvidos de participar do esquema de corrupção na petroleira, desvio e lavagem de dinheiro da Petrobras desvendado pela Operação Lava-Jato. Zelada comandou o setor entre 2008 e 2012. 

Apesar de não haver denúncia (até agora) contra Zelada, o MPF afirmou nesta terça (17/03) que considera a informação importante e que vai investigar a origem do dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário