terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Nosocômios da Capital negam "categoricamente" ter participado da Máfia das Próteses. É bom lembrar que no RS só tem Madre Teresa de Calcutá...


Os representantes do Moinhos de Vento e do Mãe de Deus depuseram na CPI da Máfia das Próteses na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Foi a última reunião da CPI; relatória final será entregue no dia 03 de fevereiro de 2016.

Durou aproximadamente três horas a reunião da CPI, e teve depoimento de sete testemunhas. Os dois nosocômios afirmaram ter negado credenciamento ao ortopedista de coluna Fernando Sanchis, principal suspeito de integrar a Máfia das Próteses no Rio Grande do Sul.

O esquema criminoso, revelado pelo Programa Fantástico, o repórter Giovanni Grizoti mostrou que famosos médicos transformaram nosocômios em um balcão de negociatas, realizando procedimentos cirúrgicos desnecessários somente para receber milionárias propinas de fabricantes e representantes que vendem implantes de ortopedia, neurocirurgia, etc. Com documentos falsificados, médicos e advogados também encaminhavam à Justiça ações para forçar o governo e os planos de saúde a bancar procedimentos superfaturados.

O relatório da CPI será entregue no dia 3 de fevereiro de 2016. O relator, deputado Enio Bacci (PDT), já adiantou que devem ser sugeridos indiciamentos. A definição é do Ministério Público.

O Blog sabe que conhecidos representantes (uns 4) terão problemas. Médicos também terão problemas (são uns 5).

Empresas que falsificavam implantes ortopédicos terão grandes problemas

3 comentários:

  1. Alerta de alguns Fornecedores do Segmento aos Lojistas (clientes), com vistas a uma possível concorrência em desigualdade de condições e nefasta a todos os envolvidos. Mais uma empreitada criminosa do ortopedista Fernando Sanchis e sua esposa Graziele. Desta feita para lavar dinheiro obtido de forma criminosa. Esta denúncia já está sendo investigada pela delegacia fazendária do DEIC.

    Babys Mega Store Ltda. Comércio de Produtos para bebê.
    Endereço: Av. D. Pedro II, n. 904. Porto Alegre/RS CNPJ: 22.459.559.0001-17
    Inscrição Estadual: 096/3626116

    Sócios/Proprietários no CNPJ da empresa (laranjas): Mariana Bretas Baisch e Alexandro Zanetti. (laranjas do médico Fernando Gritsch Sanchis e sua mulher Grazielle Cristina Zanetti Sanchis), ambos investigados e denunciados na chamada “Máfia das Próteses”.
    A Graziela (mulher do Dr. Fernando Sanchis) tem tratado direto conosco e demais fornecedores, pagando tudo a vista afirmando ser proprietária do empreendimento, mas não pode/não quer aparecer por razões particulares, somente aparecendo o nome da Mariana (sócia-laranja). Alegam já ter projeto e capital suficiente para implementar “outras” megas lojas na capital.
    Estamos vendo uma grande possibilidade e indício de estarem lavando dinheiro obtido de maneira ilícita pelo médico Fernando Sanchis, investigado e denunciado no processo que envolve a chamada “Máfia das Próteses”, que lesou o estado do RS com liminares ordenando o estado a pagar próteses super faturadas e indicadas pelo aludido médico, além de diversos pacientes do médico supra-citado. (ver reportagens do Google sobre a Máfia das Próteses – Dr. Fernando Sanchis)
    Alguns lojistas já nos telefonaram reclamando/indignados que a aludida loja está “torrando” preços, inclusive alguns produtos de puericultura leve e pesada com o mesmo preço de compra do fornecedor e outros “até abaixo” do valor original, o que é muito danoso aos comerciantes sérios como vocês, já nossos clientes de longa data !!!
    Como fornecedores de produtos para o gênero que somos, sugere-se aos lojistas que estejam atentos a estes fatos e requeiram às autoridades competentes (fazenda estadual, fazenda municipal, polícia civil, policia federal, CPI do senado federal e da assembléia estadual, ao CADE e até mesmo à imprensa local, caso necessário) que investiguem de onde veio o dinheiro para os sócios (laranjas) Mariana Bretas Baisch e Alexandro Zanetti (irmão de Grazielle e cunhado do Dr. Sanchis) bancarem o mega empreendimento Babys Mega Store ltda, que na verdade é do Dr. Fernando Sanchis e de Grazielle).
    Estamos alertando a todos em virtude de tentarmos em grupo nos precavermos em função de um eventual “esvaziamento” do mercado, ficando o mesmo “cartelizado” em mãos de pessoas suspeitas que a qualquer momento podem ser desmascarados. Ou seja, todos nós perderíamos com tudo isto. Queremos concorrência saudável e leal!
    Portanto, fiquem alertas e façam o que for possível para se precaverem!!!

    FORNECEDORES!

    ResponderExcluir
  2. Impressiona a audácia e sentimento de impunidade deste médico safado!!!
    Todo mundo sabe das falcatruas deste cara e o mesmo segue lavando dinheiro ganho de forma suspeita na cara da polícia, MP, Receita Estadual, Judiciário e ninguém faz nada...Até quando???

    ResponderExcluir
  3. Lavam dinheiro fazendo barbaridades com a saúde das pessoas.....os laranjas são tão culpados qto pois lucram sabendo q tudo é ilegal! Que país é esse? Tudo acontece e continuam circulando.....fazendo barbáries....prisão pra quadrilha toda....medicos, fornecedores, hospitais, laranjas....

    ResponderExcluir