quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

CPI DA MÁFIA DAS PRÓTESES SUGERE O INDICIAMENTO DOS SEGUINTES ELEMENTOS:


Larson Strehl

LARSON HERMILO STREHL, proprietário da distribuidora PROHOSP COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO DE PRODUTOS HOSPITALARES LTDA. Revendedor exclusivo da B.Braun no RS - Divisão Aesculap...


A CPI quer que o Sr. Larson responda no incurso nos artigos 273, artigo primeiro B, , e artigo 171, parágrafo primeiro,  ambos do Código Penal.

Ernani Abreu

ERNANI VIANNA DE ABREU, médico ortopedista

EVANDRO BASTIANELLO PORTO, médico ortopedista

Nieli Severo - advogada especialista em liminares milionárias...

NIELI DE CAMPOS SEVERO, advogada. A Dra. Nieli figura como aquela que em associação com médicos e donos de empresas distribuidoras de OPMEs, e ainda instruída pelos mesmos manipulava, o teor dos documentos com o claro objetivo de induzir (enganar) o Judiciário a erro ao conceder liminares cujos orçamentos eram reiteradamente das mesmas empresas e majoritariamente superfaturados.


Fidelix

LUIZ SOUZA FIDELIX, proprietário da distribuidora INTELIMED COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA. A CPI sugere o indiciamento, pela prática de associação criminosa, prevista no artigo 288 do Código Penal e de Falsificação, adulteração ou alteração de produtos destinado a fins terapêuticos ou medicinais, prevista no artigo 273, § 1° e § 1º B e seus incisos , do Código Penal.

ANTÔNIO CARLOS MARQUES CASTILHO, médico ortopedista


Dr. Fernando Sanchis

FERNANDO GRITSCH SANCHIS, vulgo Dr. Fantástico. A CPI recomenda indiciá-lo pelos seguintes crimes:


* Estelionato, previsto no artigo 171, nas formas tentadas e consumadas;

* Falsificação, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos e medicinais, prevista no artigo 273, § 1° e § 1º B e seus incisos, do Código Penal;
* Falsificação de documento particular, previsto no artigo 298 do Código Penal;
* Falsificação ideológica, previsto no artigo 299 do Código Penal;
* Associação criminosa, previsto no artigo 288 do Código Penal;
* Lesão corporal de natureza grave, previsto no artigo 1239, § 1º do Código Penal.

O relatório da CPI vai ser entregue nos seguintes órgãos:

POLÍCIA FEDERAL
POLÍCIA CIVIL
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL
CGU
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
ANVISA

UM RECADO PARA AS AUTORIDADES DO RIO GRANDE DO SUL:

OS NOMES INDICIADOS SÃO UMA PARCELA   DA MÁFIA DAS ÓRTESES E PRÓTESES DO RIO GRANDE DO SUL!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário