segunda-feira, 11 de abril de 2016

MPF em Erechim (RS) denuncia mais 26 pessoas na Operação Saúde...





Quando o MPF começar a investigar as famosas EMENDAS PARLAMENTARES que compram equipamentos hospitalares... Hummmmmmmmm... Tem muito deputado federal que vende imagem de honesto vao se dar mal... A casa vai cair!!!

Grupo denunciado integrava as operações fraudulentas operadas a partir da empresa SULMEDI COMÉRCIO DE PRODUTOS HOSPITALARES LTDA.

O MPF em Erechim (RS) ofereceu denuncia contra 26 pessoas envolvidas nas fraudes descobertas pela OPERAÇÃO SAÚDE, deflagrada em 2011 pelo MPF e pela Polícia Federal. A operação contou também com o apoio técnico-operacional da CGU.

A denúncia, assinada pelo procurador da República Carlos Eduardo Raddatz Cruz, aponta os crimes perpetrados pelas pessoas ligadas à empresa SULMEDI, que integrava uma das pontas do esquema descoberto na OPERAÇÃO SAÚDE. O procurador apontou na denúncia que "as verbas públicas envolvidas nas fraudes praticadas pelos denunciados tiveram origem, ao menos em larga margem, dos programas federais de atendimento à saúde, notadamente de assistência farmacêutica básica".

Entre os crimes denunciados pelo MPF estão os de associação criminosa (formação de quadrilha) e de fraude em licitações realizadas em diversos municípios da região de Erechim. Se condenados, os denunciados podem pegar até 40 anos de prisão. 

Fonte: Assessoria de Comunicação do MPF do RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário