terça-feira, 24 de janeiro de 2017

MPE-MS investiga irregularidades apontadas na CPI da Máfia das Próteses... É só investigar que vão achar...


A CPI da Máfia das Órteses e Próteses no Brasil, encerrada na Câmara dos Deputados em 2015, voltou a ser pauta de um inquérito do MPE-MS (Ministério Público do Estado Mato Grosso do Sul) nesta terça-feira (26).


Conforme divulgado no Diário Oficial do órgão, o MPE-MS irá apurar "eventuais irregularidades apontadas no relatório da CPI das Máfias das Órteses e Próteses no Brasil".

Apesar de Mato Grosso do Sul não ser citado no relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito, a investigação irá apurar irregularidades quanto à prescrição, fornecimento e implantação de órteses e próteses nos pacientes atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Ao fim da CPI, foram indiciados dez pessoas, entre médicos e empresários, e 17 empresas do ramo da ortopedia. Nenhum dos apontados na investigação é de Mato Grosso do Sul.


O inquérito foi instaurado por requerimento do próprio MPE-MS e não tem investigados em específico. A investigação corre nas mãos do promotor de Justiça Alexandre Capiberibe Saldanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário