terça-feira, 17 de janeiro de 2017

PROCEDIMENTOS NÃO REPUBLICANOS EM CURITIBA DA MÁFIA DAS PRÓTESES...


É melhor dar no pé!!!

A empresa Medizina, filial Curitiba (PR) está enfrentando gravíssimos problemas. Seu sócio Helder está sendo cobrado por um "famoso" cirurgião de coluna de São Paulo, vulgo Paulinho Parafuso. Paulinho Parafuso afirma ter colocado R$ 600 mil para alavancar a filial da Medizina em Curitiba.

O problema é que a Medizina não conseguiu "entrar" no mercado de Curitiba. Não tinha cacife para bancar os 40 a 45... Vendia no máximo R$ 20 mil mensais e tinha um custo operacional do mesmo valor, ou seja, quebraram...

O Paulinho Parafuso quer os R$ 600 mil que investiu no negócio... Só que não existe origem do dinheiro do Paulinho. Então, não paga ele Helder...

Uma dica ao Sr. Helder

"Manda entregar as caixas de material (de coluna) na casa do Paulinho Parafuso e aproveita para entregar aquele dossiê que você tem sobre o Paulinho para a PF, isso dos vários anos que você "trabalhou" na PROMEDONI. O Paulinho Parafuso é muito esperto, recebia aqueles 40 % da PROMEDONI, e falava (mentia) que recebia 20 % para dividir com sua equipe de auxiliares médicos. Foi assim que ele fez uma fortuna de R$ 40 milhões..."

Helder é prudente tu e teu outro sócio (o fortão) sumirem de Curitiba logo...

Dizem que a PF, MPF, Inteligência da Receita Federal, CREMESP estão chegando no Paulinho Parafuso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário