segunda-feira, 13 de março de 2017

Ex-prefeito de Novo Hamburgo encrencado com o MPF

José Luis Laurmann

O MPF de Novo Hamburgo, por intermédio do procurador da República Celso Tres, ajuizou ação de improbidade administrativa conta o ex-prefeito do município José Luis Lauermann. O ex-prefeito é acusado de agir de forma negligente e indiferente, enquanto prefeito, esquivando-se de executar convênio com o Ministério da Justiça, o qual implantaria videomonitoramento de veículos vinculados à criminalidade.

Para que ocorresse a efetivação do convênio, o município deveria atender, dentro do prazo estabelecido, os requisitos de ordem técnica e documental. Após diversas prorrogações de prazo, a municipalidade apresentou documentação que continha erros primários e grosseiros, sendo rejeitada pelo Ministério da Justiça por impedimento técnico. O videomonitoramento, além de permitir a identificação dos veículos objeto de roubo e furto, também é instrumento relevante à investigação de crimes mais graves pela autoridade policial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário