quinta-feira, 23 de março de 2017

GRUPO EDUCACIONAL FACINEPE OU "GRUPO EDUCACIONAL" FAKECINEPE ??? É MAIS UMA VIGARICE NA ÁREA DA EDUCAÇÃO...



Perguntas que não querem calar:

# Quem são os verdadeiros donos do Grupo Educacional Facinepe ou Fakecinepe?

# Qual era o verdadeiro papel do ex-reitor Fortunati dentro do Grupo Educacional?

# Tinha um figurão do PP de Porto Alegre na direção do Grupo!!! É filho do ex-operador do PP José Luiz Rocha Paiva (ex-chefão do DAER)... 


Fortunati assume como reitor do Grupo Educacional Facinepe

Ex-prefeito revelou motivação para trabalhar na instituição do segmento de pós-graduações
A partir da próxima segunda-feira, 6/2, o ex-prefeito de Porto Alegre José Fortunati assumirá como reitor do Grupo Educacional Facinepe. Com o novo diretor, a instituição pretende focar em 2017 na democratização da especialização acadêmica, sem deixar de seguir galgando o espaço conquistado em áreas de EXTREMO RIGOR TÉCNICO, como SAÚDE, Educação, Gestão e Direito. 
"Nuca escondi o desejo de voltar a atuar no meio acadêmico, depois que encerrasse meu mandato como prefeito, resgatando minha experiência como Secretário Estadual da Educação na gestão 2003/2006. Por isso, é com MUITA SATISFAÇÃO E MOTIVAÇÃO que assumo esse novo desafio que é CONSOLIDAR o Grupo Educacional Facinepe como um dos líderes do segmento da pós-graduação em todo o país. Fico contente em saber que posso contar com profissionais hábeis, conhecedores no NICHO, e professores qualificados", destaca Fortunati.
Fonte:  Jornal Correio do Povo
Um relatório da Coordenação Geral de Supervisão Ordinária, órgão do MEC (Ministério da Educação), revela em detalhas as irregularidades do Grupo Educacional Facinepe/Inepe. As informações estão contidas em nota técnica n° 23/2017 e levaram o MEC a instaurar, no final de fevereiro dois processos administrativos, visando investigar práticas que desrespeitam regras do Ensino Superior.
O documento foi elaborado por uma comissão de técnicos do MEC após visita de surpresa, em outubro, na sede do Grupo Facinpe, em Porto Alegre.  
O relatório aponta a necessidade de o MEC investigar o grupo por causa de práticas adotadas que levariam a "burlar a legislação educacional", sendo necessárias medidas para evitar prejuízos à sociedade, "SOBRETUDO NA ÁREA DA SAÚDE".

O Grupo Educacional FACINEPE disponibilizará de mais uma opção de pós-graduação lato sensu para a qualificação médica. O Programa de Práticas Médicas (PPM) é uma nova modalidade acadêmica, que visa formar profissionais aptos para lidar com as adversidades que são comuns ao meio. Para isso, alia teoria à prática, sempre com foco na consolidação e aprimoramento das habilidades clínicas do profissional.
A pós-graduação oferece qualificação em diferentes especialidades da medicina (confira a lista abaixo).
A carga horária total é entre 600 a 4432 horas, cumpridas ao longo de 12 ou 24 meses de curso. O corpo docente é altamente qualificado, ou seja, composto essencialmente por professores mestres e doutores.
Avaliado com nota máxima pelo Ministério da Educação, o programa possibilita a interatividade entre alunos e professores e preza pela troca de experiências.
Diante disso, seguindo as orientações do Conselho Federal de Medicina, esclarecemos que os cursos do Programa de Práticas Médicas não são de residência médica, logo, obviamente, não são acreditados junto à Comissão Nacional de Residência Médica, mas são sim devidamente reconhecidos pelo Ministério de Educação, como cursos de excelência de Pós-Graduação Lato Sensu, na modalidade especialização. Na verdade, todos os médicos pós-graduados no Brasil, inclusive os que concluíram pós-graduação na modalidade de residência médica, para receberem o título profissional de especialista pelo Conselho Federal de Medicina, deverão registrar o certificado de conclusão do presente curso de Pós-Graduação Lato Sensu, ou ainda, realizarem a prova de título das sociedades ligadas à AMB, para obterem seu título honorífico de membro titular de uma sociedade médica, terão que também registrar em algum Conselho Regional de Medicina, e, somente após este registro poderão se denominar como especialistas, no sentido profissional.

ALERGIA E IMUNOLOGIA
CARDIOLOGIA
CLÍNICA MÉDICA
DERMATOLOGIA
ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA
GASTROENTEROLOGIA
GERIATRIA E GERONTOLOGIA
HOMEOPATIA
MEDICINA DO TRABALHO
NEUROLOGIA
OFTALMOLOGIA
OTORRINOLARINGOLOGIA
PEDIATRIA
PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA
PSIQUIATRIA
REUMATOLOGIA
UROLOGIA
CIRURGIA ESPIRITUAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário