sexta-feira, 19 de maio de 2017

Recebi de um famoso e ilibado cirurgião de coluna vertebral de São Paulo...


E-mail:

"Li a sua matéria sobre o abuso de cirurgias de coluna pela técnica percutânea aí em Porto Alegre. Eu fui um dos pioneiros nessa técnica no Brasil em 1989, porém a sua utilização é RESTRITA a alguns casos muito peculiares. Tem havido um emprego exagerado, o que tem levado a maus resultados. A explicação é simples: enquanto nos Estados Unidos o kit custa 500 dólares, no Brasil é vendido a R$ 30 mil reais.

Seria interessante o novo presidente do IPERGS olhar com mais carinho no que acontece dentro do seu quintal...

O SUS não autoriza tal "técnica"... O "rico" IPE SAÚDE sim...

Alguns ortopedistas e neurocirurgiões estão ganhando muito com procedimentos não necessários...

Atenção Vivian!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário