quarta-feira, 21 de junho de 2017

MÁFIA DAS ÓRTESES E PRÓTESES!!! PEGARAM OS GRANDE FABRICANTES MUNDIAIS DE IMPLANTES CARDÍACOS...








Cade investigará cartel de fabricantes de marca-passo e cateter

O Conselho abriu dois robustos processos para apurar combinação de preço no mercado de órteses, próteses e materiais médicos especiais.

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu dois robustos processos para investigar a prática de cartel no mercado de órteses, próteses e materiais médicos especia.s As informações foram comunicadas pelo Cade e divulgadas nesta quarta-feira (21/6).

O primeiro processo investiga a prática no mercado de estimuladores cardíacos implantáveis - desfibrilador implantável, ressincronizador, marca-passo e cateteres.

A robusta investigação envolve quatro empresas, 29 pessoas físicas e duas associações: ABIMO (Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos) e ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde).

A ação contou com um acordo de leniência parcial da empresa Medtronic, que é uma poderosa multinacional americana, que produz produtos médicos, há poucos dias, a Medtronic demitiu seu CEO, Oscar Porto... Coincidência? Não!

Segundo o Cade, o parecer aponta que existem "fortes indícios de troca de informações sobre preços, vantagens em licitações, direcionamento de pregões, alocação de clientes entre os concorrentes e acordo sobre fornecimento e preços a serem praticados".

Também há fortes indícios de que havia mecanismos de monitoramento e retaliação contra quem descumprissem o que foi combinado, de acordo com o Cade. Os casos teriam ocorrido entre 2004 e 2015.

O Cade também investiga 46 empresas, 80 pessoas físicas.

"Foram encontradas fortes evidências de celebração de acordos entre os participantes do conluio com a finalidade de fixar preços e outras variáveis mercantis relevantes. dividir parcelas do mercado e ajustar condições e vantagens em licitações públicas de dispositivos médicos", informou o órgão de defesa da concorrência.

As poderosas Boston Scientific, Biotronik, St. Jude Medical, Medtronic são algumas multinacionais que estão sendo investigadas.

Será que o Sr. Alberto Beltrame, o ex-poderoso chefão do SAS (Secretaria de Atenção à Saúde) do Ministério da Saúde não sabia desta maracutaia? 

O Alberto tinha proteção do Eduardo Cunha, Pezão, Sérgio Cabral, Sérgio Côrtes, Família Picciani, etc. Tinha o apoio da banda podre do PMDB do Rio de Janeiro quando ocupou o SAS. Estranho? Não! Um orçamento de 50 bilhões por ano é realmente muito cobiçado!!!

5 comentários:

  1. Parabens pegaram os RATOS DO RIO DE JANEIRO. A MEDITRONIC ja faz muito tempo . Falta agora ir para as BARIÁTRICAS que são a galinha de OURO da AMERICANA.

    ResponderExcluir
  2. A meditronic já faz isso através de seus Distribuidores a muito tempo. No RIO existem até OPERADORAS DE SAÚDE no esquema. Isso já foi denunciado varias vezes e não deu em nada. O maior distribuidor da MEDITRONIC , já è conhecido por pagar comissões a todo mundo.

    ResponderExcluir
  3. O Blog sabe quem são os boleiros do RS. O dinheiro era "pago" no Barranco...

    ResponderExcluir
  4. O Blog sabe quem são os boleiros do RS. O dinheiro era "pago" no Barranco...

    ResponderExcluir
  5. Tem que atuar todos que estão no esquema. No Rio existe o CONVENIO que fechou com a exclusividade com o Distribuidor da MEDITRONIC . Deixou de fora os concorrentes diretos. Sempre se fala que quando isso acontece, segundo os Auditores ou Diretores das Operadoras, que foi um fechamento por melhor tabela de preços. Mas não é ASSIM que acontece, conforme já enviado ao MP os preços que são cobrados. Sempre tem algum distribuidor da MEDITRONIC no meio.

    ResponderExcluir