terça-feira, 13 de junho de 2017

Recebemos um e-mail de um médico paulista...




O e-mail:

"Bom, eu, como MÉDICO que sou, que vivo do meu Consultório, onde a duras penas consigo uma agenda semi-preenchida, posso afirmar que não é só no Sírio, mas no São Luiz, no LeForte e outros tantos que estão recebendo os 40%. A Justiça de São Paulo tem denuncias aos montes e sabe o que faz? Nada... Uma decepção..."

Com a palavra os promotores de São Paulo...

O Blog IMPRENSALIVRERS sabe que existe um ortopedista paulista, chamado de Paulinho Parafuso. A mulher do Paulinho Parafuso possui uma empresas que vende equipamentos médicos. A empresa fica em Curitiba. O Blog têm informações que a "empresa" também é do Paulinho Parafuso. A empresa que vende equipamentos médicos em Curitiba está praticamente quebrada...

O patrimônio do Dr. Paulinho Parafuso é de aproximadamente R$ 40 milhões. Fruto do seu trabalho? Não. É fruto de propinagens de 40%...

Há dezenas e dezenas de Paulinhos Parafusos em São Paulo atuando (operando) e recebendo os 40%...

Um comentário:

  1. Caro BLOG Imprensa Livre..
    Acompanho diariamente as publicações acerca da Mafia das Próteses ( que poderia muito bem se chamar de Bandidos Parafuseiros ) e fico sempre muito assustada com o que vejo.
    Troquei um emprego bom, de secretária executiva de uma clínica odontológica de SP, onde a principal fonte de renda eram as cirurgias de procedimentos bucomaxilos realizadas nos hospitais famosos de SP, sim, nos melhores, tipo São Luiz, LeFort, Santa Paula , HCor e outros , simplesmente porque não podia mais dormir à noite. Minha consciência não me perdoava em ver tudo o que ocorria e ficar calada , vendo cirurgias desnecessárias sendo feita em pessoas saudáveis, a troco de percentuais de comissão que o cirurgião recebia dos parafusos e placas utilizadas ( ou destruídas ) durante as cirurgias.
    Os hospitais sabem ? Sim, sabem e compactuam dessa conta mágica onde quem paga é o Plano de Saude . O paciente sabe? Não , eles não imaginam que por trás de tanta simpatia e presteza desses médicos anti éticos está uma conta que é a sociedade que paga .
    Eu cansei de emitir passagens aéreas para o tal Dr. e sua família viajarem por conta de empresas fornecedoras de próteses, cansei de enviar faturas de cartão de crédito do tal Dr. para as mesmas empresas pagarem, cansei de enviar Notas Fiscais de carros zero km, do tal Dr. e do restante da família para as empresas bancarem.
    Saí dessa clínica, localizada no bairro de Santana, em SP , mas com filial no rico bairro do Itaim, onde o tal Dr. angaria os pacientes vitimas com os melhores planos de saúde . Não tive estômago para continuar vendo e me calando, vendo e participando. Minha consciência está tranquila, meu bolso nem tanto....
    Denunciei tudo que vi ao MP de SP, dei nomes, sobrenomes, endereços, provas, contraprovas.. Fiz minha parte de cidadã do bem, espero ainda na fé que me acompanha , que algo seja realmente feito

    ResponderExcluir