terça-feira, 25 de julho de 2017

NOTA DE DIREITO DE RESPOSTA

MÁFIA DAS PRÓTESES DE RIO CLARO (SP)

Pois nessa matéria envolveram o meu nome em uma denúncia inverídica, provavelmente plantada por alguma empresa envolvida nessa máfia das próteses para desviar a atenção. Eles alegam que fui contratado por uma empresa para desenvolver materiais superfaturados, o que não é verdade, sou um professor universitário, tenho uma carreira acadêmica e sem relação com essas empresas.
 

O problema é que esse tipo de denúncia prejudica minha carreira acadêmica, e acho no mínimo justo eu ter um direito de resposta para esse tipo de acusação falsa.


Ao site Imprensa Livre RS

É com grande surpresa e tristeza que recebi das redes sociais a matéria "Máfia das Próteses de Rio Claro (SP) e com o envolvimento do meu nome. Infelizmente ainda hoje temos pessoas mal-intencionadas, principalmente relacionadas com essas empresas de materiais de OPME e com provável envolvimento nessa execrável máfia das próteses, que até como forma de se acobertar, passam a acusar tudo e a todos sem provas, imputando fatos inverídicos ofensivos a reputação de profissionais honestos. E para agravar ainda mais a situação, em tempos de internet e redes sociais, esse tipo de acusação caluniosa se espalha com uma rapidez nunca antes vista.

Sou cirurgião do Hospital dos Defeitos da Face, com mestrado e doutorado em CTBMF e desde a minha formação tenho me dedicado, entre outras áreas, a Cirurgia de ATM. Venho nesses anos procurando o aperfeiçoamento profissional e técnico da área, não só meu, mas também dos meus colegas de especialidade, a fim de oferecer aos nossos pacientes o melhor beneficio possível. Graças a esse esforço e de outros tantos outros meus colegas que também militam nessa área, a Cirurgia de ATM cresceu muito nos últimos anos, e hoje, tecnicamente, não devemos nada aos que é praticado nos principais centros do mundo. Se ainda existem profissionais que a realizam com deficiência técnica ou com má-indicação, isso é uma outra batalha que ainda precisamos vencer e que estou nessa luta.

Dentro desse objetivo de desenvolvimento técnico da especialidade, estamos desenvolvendo técnicas (e não kits - isso fica para as empresas de OPME) para solucionar com a menor morbidade possível os problemas que envolvem a ATM. Além disso, procuramos oferecer treinamento para os colegas de especialidade para compartilhar parte da nossa experiência com técnicas minimamente invasivas, nunca me neguei a ensinar nada a alguém que tivesse interesse em aprender. Não sou contratado de nenhuma empresa para desenvolvimento de kit, muito menos com o espúrio objetivo de somente visar lucros financeiros, isso é uma falácia que me deixa profundamente magoado.

Sou uma pessoa de princípios e valores, todos que me conhecem e trabalham comigo sabem disso, e vou continuar sempre assim. Peço encarecidamente que não me meçam pela mesma régua de muitos profissionais que estão ao meu redor e esse tipo de acusação machuca profundamente os profissionais éticos da nossa especialidade.

FÁBIO RICARDO LOUREIRO SATO

Registrado!!!

Um comentário:

  1. Prezado Dr. Fabio Ricardo Loureiro Sato, algumas perguntas:
    a) Você sabia que a Sra. Ana Paula - Gerente Comercial do Hospital Defeitos da Face está sendo investigada no GAECO por corrupção - Cruz Vermelha Brasileira de SP?
    b) Este novo sistema que o senhor desenvolveu é melhor para o paciente? Diminui custos para as operadoras de convênio, ou ficou mais caro que os "kits de ATM" que o senhor veladamente está denegrindo e já utilizou em larga escala?
    c) Qual seu envolvimento formalmente / científico e tecnológico com o Dr. Roger Moreira e com a fabricante Engimplan? (ganha holdings sobre este produto)?
    d) Por que o senhor, que é tão ético, precisou levar os cirurgiões "amigos" para ensinar em Miami, com os custos pagos pela Osteum e Inobe - empresas da Engimplan?
    e) por quanto tempo o senhor e o Dr. Roger Moreira, assim como o Dr. Paulo Alexandre lá de São José dos Campos, utilizaram e difundiram os tais kits de ATM através da Totalmedic do seu amigo e frequentador de sua casa - Renato Paiva?
    f) Não seria pelos 35% que as empresas alegam que vocês exigem como proprina????????????????? ou agora chamaremos isso de Consultoria Científica..

    Faça-nos o favor de esclarecer a todos da mídia "internet e redes sociais" ... afinal tudo se propagara com rapidez... inclusive suas desculpas esfarrapadas.

    Craudemir P - RS

    ResponderExcluir