sexta-feira, 4 de agosto de 2017

PROMOTORES GAÚCHOS LIDERAM MANIFESTO CONTRA O GARANTISMO E BANDIDOLATRIA

Um grupo de 145 promotores de Justiça - 100 deles do RS - 9 advogados é 1 juiz lançou na ultima quinta , 3 um manifesto que reacende uma polêmica no mundo jurídico. Defendem maior rigor nas penas impostas a criminosos e criticam o que chamam de "garantismo e bandidolatria" no sistema jurídico e nos cursos de direito.

Nós, operadores do Direito realmente preocupados com a segurança pública, com o direito de ir e vir das pessoas de bem e não só dos bandidos, preocupados especialmente com as vítimas e não só com seus algozes, queremos revelar a você cidadão que sustenta o Estado e tem se enganado com ele e com certas entidades, certos professores, certos "especialistas" e outros que parecem não querer que você saiba de certos coisas. Mas você saberá agirá que muita coisa do que você tem sido induzido a pensar.

Você pensa que estão fazendo um novo código penal para diminuir a impunidade e melhorar a segurança pública, mas o que está em andamento torna a LEI PENAL MAIS BRANDA e ainda dá salvo-conduto a desordeiros a terroristas fazerem o que quiserem sem responder na Justiça. É O QUE ELES CHAMAM DE REFORMA DO CÓDIGO PENAL: QUE SÓ VAI AUMENTAR A IMPUNIDADE.

3 comentários:

  1. Tenham certeza que a sociedade também apóia de forma contundente este manifesto! Lugar de bandido é na cadeia! E estes juízes garantístas só o serão até terem alguém da família deles atingido pela bandidagem.

    ResponderExcluir
  2. Somos totalmente a favor desse manifesto, peço ao blog, a gentileza de nos dar mais informações a respeito, como fazemos para apoiar de forma mais contundente, divulgar e etc...

    ResponderExcluir