quinta-feira, 17 de agosto de 2017

VITAL ENGENHARIA AMBIENTAL VAI CAUSAR PROBLEMAS PARA O RESPONSÁVEL POR SUA CONTRATAÇÃO


O Blog IMPRENSA LIVRE RS sabe que a VITAL ENGENHARIA AMBIENTAL vai dar dor de cabeça para o responsável pela contratação emergencial.

O Blog tem informações que a VITAL está envolvida na Lava Jato.

Uma fonte importante do Blog em Canoas afirmou: "Está decidido que haverá uma licitação nos próximos meses".

O Blog só espera que não ocorra uma licitação dirigida para que a VITAL continue...

A VITAL É DA QUEIROZ GALVÃO, A QUEIROZ GALVÃO É LAVA JATO....

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

CONTROLE EXTERNO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Em razão de diversos indícios de irregularidades nas contratações emergenciais firmadas pelo município de Vila Velha com as empresas Vital Engenharia Ambiental e Corpus Saneamento e Obras para serviços de limpeza pública, entre os anos de 2013 e 2016, o Ministério Público de Contas (MPC) pede, em representação protocolada nesta quinta-feira (2), a imediata retenção de 15% dos repasses feitos pela Secretaria de Serviços Urbanos de Vila Velha (Semsu) para pagamentos mensais às empresas. A retenção dos valores objetiva preservar o patrimônio do município, uma vez que foram verificados indícios de prejuízo ao erário nas contratações emergenciais em virtude de superfaturamento e sobrepreço, além de formação de cartel entre as empresas contratadas.
Na representação, o MPC pede também que as empresas e os agentes públicos responsáveis sejam condenados ao ressarcimento do valor do dano causado ao erário, o qual deverá ser calculado pela área técnica do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES).
Durante os anos de 2013, 2014, 2015 e 2016, a Prefeitura de Vila Velha contratou a prestação do serviço público de limpeza urbana de forma emergencial, sob o argumento de dispensa de licitação, por sete vezes consecutivas com cada empresa (Vital Engenharia Ambiental e Corpus Saneamento e Obras), totalizando 14 contratos emergenciais com duração de 180 dias cada, os quais somaram R$ 244.236.690,77.
O pessoal de Canoas que contratou emergencialmente a VITAL não aprende!!!

2 comentários: